Logo Parimpar
Instagram Parimpar
youtube-Parimpar
Linkedin-Parimpar
Facebook-Parimpar
Editor HTML Online
   

A charanga da LILI vol.10 nº.1 (2022)
ISSN 2764-166X
 DOI: 10.6084/m9.figshare.19067537

 

Nem todos os gatos são pardos!!!

 

E não é que por volta dos anos 1950 tinha muita gente fazendo cursos técnicos, profissionalizantes e até, como disséramos, cursos à distância... Éramos quase 52 milhões de brasileiros e brasileiras e o desejo de melhorarmos de vida fez com que muitos rumassem do interior às capitais.

Esse fenômeno foi alimentado com mais vigor na gestão de Juscelino. A meta de fazer em cinco anos o que outros demoravam a fazer, conforme ele mesmo dizia, em cinquenta anos, chegou aos rincões do país com uma forma estupenda.

De olho no mercado da educação muitas universidades começaram a se formar, porque a partir de 1945, não sei se sabiam, bastava a soma entre faculdade de filosofia, direito, economia ou serviço social para se constituir uma universidade. Assim, com custo operacional mais reduzido que as somas expressivas gastas para se manter uma escola de medicina ou engenharia, o Brasil começou a oferta de cursos mais focados nas áreas humanas.

 

NEM TODOS OS GATOShttps://revistatrip.uol.com.br/trip/abaixo-a-ditadura-documentario-resgata-historia-da-libelu                     

 

E aí, levantando a bandeira da igualdade dos direitos estudantis, com o lema ‘nem todos os gatos são pardos’, a dita bandeira da democracia da educação foi erguida nos anos de 1960, também pressionada pela ditadura.

 

Patiluc