Logo Parimpar
Instagram Parimpar
youtube-Parimpar
Linkedin-Parimpar
Facebook-Parimpar

O giz da educação vol.5 nº.2 (2022)
ISSN 2764-0477

O zodíaco na educação by Madame Zorah!!!

 

- Bom dia, mas bom dia mesmo! Esse era o bordão de Madame Zorah todas as manhãs, dando início às transmissões de seu programa diário, “Os astros no comando da educação”!

- Bom dia, respondeu uma ouvinte. Sou diretora de uma escola de nível fundamental e muito me preocupou ouvi-la dizendo que ‘a educação sofreria uma transformação singular com um advento, um tanto quanto nebuloso’... O que a senhora quis dizer com isso?

- Qual é o seu nome, minha filha?

- Gertrudes, Madame, meu nome é Gertrudes e trabalho na Escola Municipal Pai Jacó, que fica na periferia da cidade. Preciso saber o que fazer com meus alunos no próximo ano.

- Que trabalho maravilhoso você desenvolve naquela região, minha querida filha. Mas vamos direto a sua pergunta, sim eu estou vendo muitas mudanças para a educação. Eu vejo isso nos astros e eles, minha filha, ‘não mentem jamais’!

Os ouvintes da rádio, evidentemente não podiam vê-la, mas espalhados por sobre a mesa de transmissão, próximo ao microfone, Madama Zorah organizava seus papéis por tema: celular; aulas remotas; personalização de conteúdo; uso de tecnologia e até sobre gamificação. Madame Zorah era mesmo um espetáculo!

E prosseguiu com sua resposta à ouvinte Gertrudes, enquanto do outro lado sinalizavam pedindo mais agilidade nas respostas:

- Minha querida filha, vejo nos astros uma nuvem escura que paira sobre o mundo, não sei precisar o que seja, mas ela trará alguma coisa que impedirá as crianças de irem às escolas. Sim, minha filha, está muito claro para mim, você, enquanto Diretora, terá que administrar uma escola sem alunos. Oriento-lhe a permitir que seus alunos utilizem o celular para facilitar-lhes a comunicação. Diga-me querida ouvinte, seu dia e mês de nascimento.

- Eu nasci no mês de maio, no dia 6, como eu devo me comportar então, caso isso ocorra.

- Ocorrerá minha filha, como disse, está bastante claro para mim. Bem, você é uma taurina, muito apegada às pequenas coisas, às regras e à terra. Não deixe que essa predileção a impeça de tomar decisões importantes. Esse será um ano de rompimento com as tradições. Fique atenta aos sinais.

- Obrigada Madame Zorah!

- Fique em paz, minha filha e lembre-se: ‘os astros não mentem jamais’é como sempre digo 'se a metodologia não der certo, temos que orah, para não piorah!'

Dia após dia Madame Zorah era demandada a fazer previsões na área da educação, sempre conjugando-as com o horóscopo do dia. Ainda que fosse convidada a palestrar nas escolas e nas empresas, Madame Zorah mantinha-se oculta. Era mais interessante permanecer-se à sombra e oferecer ao ouvinte o gosto do mistério que estampar-se nas redes sociais. E ela acertava tudo que previa!!! Dava até medo de conversar com ela, parecia que ela podia enxergar toda a sua alma.

De fato, as previsões de Madame Zorah se concretizaram. A cidade ficou em pavorosa e não demorou muito para que ela recebesse um convite imperdível, um horário na rádio da capital, a mais cobiçada de todas, a Rádio Transmissora. Era um negócio da China! 

Conhecedora dos seus direitos registrou a autoralidade de seu projeto “Os astros no comando da educação!” para replicá-lo em nível nacional, sem ter que pedir licença para ninguém. E assim o fez, ainda que devotasse muita gratidão pela oportunidade de estar na Rádio da cidade, não poderia perder aquela oportunidade. Foi um gol de placa.

- Prezados ouvintes da Rádio Transmissora, bom dia, mas bom dia mesmo! Quem vos fala é Madame Zorah. Estarei com vocês todos os dias, de segunda a sexta, das 7 até as 9 horas, com o programa “Os astros no comando da educação”! Espero vocês porque aqui, ‘os astros não mentem jamais’!

Patiluc

“Esta é uma obra de ficção. O uso de metáforas foi a maneira encontrada para contar as vivências da autora, ao longo dos seus mais de 25 anos na área da educação. Atualmente, ela atua como Empreendedora Cultural e mantém a crença de que educação também é sinônimo de cultura.”