Logo Parimpar
Instagram Parimpar
youtube-Parimpar
Linkedin-Parimpar
Facebook-Parimpar
Editor HTML Online
   

Curtinhas vol.14 nº.1 (2022)
ISSN 2764-0280 

 

Médico de almas e de homens

 

Há pessoas que enviam mensagens, diariamente, desejando aos seus amigos de WhatsApp um dia de felicidades, de alegrias e conquistas. Outro dia, a Jacque recebeu uma bem interessante que a fez refletir sobre as suas reclamações no dia a dia.

A história é mais ou menos assim:

Jesus tirou uns segundinhos de descanso, mas como soldado no quartel quer serviço, aproveitou para dar uma olhada geral na terra. De repente, deparou-se com várias pessoas reclamando do atendimento numa das Unidades de Pronto Atendimento (UPA) mais próximas a ele. Rápido, Jesus não se fez de rogado, deixou o descanso de lado e pegou o jaleco do médico que se ausentara do consultório, naquele exato momento, para o sagrado ritual do cafezinho na parte da tarde.

Já na sala de atendimento, Jesus nem sequer checou as informações contidas no computador, pentium III, uma relíquia por sinal, dado muito bem observado por ele, e em bom e alto som gritou, com todo o respeito, é claro:

- Próximo!

- O próximo era o João, um cadeirante, que entrou na sala já bastante ofegante e que já estava há horas aguardando o atendimento.

Ao vê-lo naquela situação, Jesus posicionou uma das mãos sobre o ombro de João e disse profeticamente:

- Levanta-te, toma o teu leito e anda.

- Assustado João não se opôs àquele comando. Levantou-se e empurrando a cadeira de rodas, saiu do consultório, chateado.

Lá no saguão, como muitas pessoas aguardavam o atendimento, uma senhora perguntou para João:

- E aí? Como foi lá? Ele atende melhor que o outro médico?

João nem pestanejou para responder:

- Igualzinho!!! Nem conversa com a gente, parece até que tem bola de cristal.”

 

Patiluc